O que fazer quando o bebê não se mexe?

24/06/2019

Por volta do quinto mês de gestação, a mãe já sente os primeiros movimentos do bebê na barriga e a partir desse momento, é importante ficar atenta para reparar se ele ficar muito tempo quieto. Se você notar que a criança está mais quieta que o normal, é importante recorrer a uma avaliação do seu obstetra para chegar se está tudo bem. O médico deverá fazer exames que avaliem a vitalidade fetal, como exames simples clínicos, por exemplo, para ouvir os batimentos cardíacos até ultrassonografias mais complexas. No início, pode ser que a criança se mexa. Na grande maioria dos casos emLeia mais …

É normal a cicatriz da cesárea ficar dormente?

11/06/2019

Sim, o que ocorre é que o corte realizado na pele também rompe terminações nervosas, por isso a dormência. A sensibilidade na região deve voltar ao que era antes dentro de aproximadamente seis meses. Para cuidar bem da cicatriz, evite fazer movimentos bruscos, carregar peso e levar batidas na área, principalmente nos primeiros 15 dias de recuperação após o parto. Além disso, prefira colocar o bebê no colo quando já estiver sentada. Isso tudo vai ajudar a cicatrização e evitar que o processo se torne ainda mais lento.   Fonte:https://revistacrescer.globo.com

Amamentação pode evitar 823 mil mortes infantis por ano!

27/05/2019

De acordo com o primeiro estudo encomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a amamentação traz muitos benefícios para a saúde das crianças e das mães. Além de prevenir a mortalidade infantil, reduzir as hospitalizações por doenças infecciosas na infância e a má-formação dentária, aumenta a inteligência e reduz a ocorrência de sobrepeso e diabetes. A pesquisa avaliou dados de 153 países, de 1995 a 2014 e concluiu que o leite materno, em nível quase universal, poderia prevenir 823 mil mortes de crianças menores de cinco anos por ano e evitaria, no mesmo período, 20 mil falecimentos por câncer de mama. A notícia é mais umaLeia mais …

Em quanto tempo a barriga volta ao normal após o parto?

14/05/2019

Se você acabou de ter um bebê tenha em mente que seu corpo passou por muitas modificações nos últimos meses: sua barriga cresceu, a coluna se modificou para acomodá-la, você ganhou mais gordura corporal. Não é só porque o bebê deixou sua barriga que as coisas voltarão a ser como eram em alguns dias. O parto resulta na perda imediata de mais ou menos 5 quilos=, ,neles estão incluídos o bebê, a placenta e o líquido amniótico. Como o recomendado durante uma gestação saudável é engordar em média 9 quilos (para uma mulher que tem o IMC normal), é fácilLeia mais …

O que acontece com o seu corpo após a gestação?

1/05/2019

Após o parto: geralmente, a mãe perde até 5 kg com a saída do bebê, da placenta e do líquido amniótico, assim como a eliminação, pela urina e suor, de líquidos retidos durante a gestação. Primeiras 48 horas: a produção de leite materno tem início, deixando os seios cheios e doloridos. Para produzir o alimento, rico em gordura, sais minerais e vitaminas, o corpo queima gordura, o que demanda muita energia. Por isso, muitas mulheres perdem peso nessa fase. 2 semanas depois: a amamentação estimula a liberação de ocitocina, provocando contrações no útero e contribuindo para que ele retorne, mais rapidamente, ao tamanho normal. Ele diminui, em média, um centímetro porLeia mais …

Alergia alimentar em crianças: o que você precisa saber

17/04/2019

Os vilões dessas alergias em bebês são as proteínas novas, com as quais eles não estão acostumados. Entre os inimigos, o maior deles é o leite de vaca, responsável pela maioria das reações alérgicas – a tão conhecida APLV, a alergia à proteína do leite de vaca –, seguido pelo ovo, castanhas e soja. Segundo um estudo publicado em 2018 pelo Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia (Acaai), o leite de vaca é o alérgeno alimentar mais comum em menores de 5 anos. Não se sabe o que torna esses alimentos mais propícios a causar reações do que os outros.  Mas há pistas:Leia mais …

Tempo de internação em cada parto

3/04/2019

Uma das dúvidas que mais surgem entre as grávidas, principalmente entre as de primeira viagem, é sobre o tempo de internação em cada parto. Muitas ficam com medo de ficar tempo demais na maternidade, enquanto outras simplesmente não tem ideia de como funciona o período de recuperação. A grande verdade é que esse tempo de internação vai variar de acordo com o tipo de parto e da condição que a mulher e o bebê apresentam. É bastante comum que a mulher tenha alta cerca de 24 horas depois do parto, tanto nos normais quanto nos casos de cirurgia cesariana. Mas cadaLeia mais …

Qual a função da placenta?

27/03/2019

Durante nossa vida ouvimos diversos termos que sabemos que estão ligados a algum assunto específico, mas não temos certeza do que se trata. Acontece, por exemplo, quando falamos de termos bastante conhecidos da gestação, como a placenta, por exemplo. Para muitas pessoas, isso remete imediatamente à gravidez de uma mulher, mas muitos não sabem exatamente o que ela significa e muito menos a sua importante função neste processo. O que é a Placenta? A placenta é um órgão bastante específico dos mamíferos, que só existe durante a gestação e serve como uma camada de proteção ao bebê para garantir a evoluçãoLeia mais …

Barrigas diferentes na gravidez

14/03/2019

Estar grávida é um momento muito especial na vida de uma mulher, repleto de novas sensações, de emoções, de pensamentos e, principalmente, de transformações. A mais marcante é, sem dúvidas, o crescimento da barriga, mas o que muitos não sabem é que nem todas as barrigas crescem da mesma forma em uma gravidez. E essa diferença pode causar muitos questionamentos e até mesmo preocupação. Por que será que a minha barriga está diferente de outras que eu já vi? Será que tenho algum problema? Será que indica o sexo do bebê? Todas essas dúvidas são comuns e acontecem com certaLeia mais …

Pés inchados no início da gravidez – É normal?

21/02/2019

As mudanças que a gravidez pode trazer para uma mulher são diversas, tanto psicológicas quanto físicas. Mas enquanto algumas partes do corpo mudam e se transformam para receber uma nova vida, outras partes também são afetadas indiretamente. É o que ocorre, por exemplo, quando percebemos que uma mulher está com os pés inchados no início da gravidez. Os pés inchados no início da gravidez, é algo comum e que pode ocorrer por diversos motivos, mas não é só porque é considerado comum que não é um problema que deve ser tratado, principalmente quando isso começa a incomodar a gestante. Os pésLeia mais …