Como iniciar o processo de desmame

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelece maior importância para o aleitamento exclusivo até os 6 meses, mas a amamentação em si pode e deve ser estendida por dois anos ou mais.

 

Entretanto as dificuldades para amamentar são inúmeras, e requerem muito esforço das mulheres. Sem falar do vínculo intenso que a amamentação promove entre mãe e filho. Por este motivo é natural que boa parte delas sofram quando chega a hora de interromper.

 

O momento ideal para iniciar o processo de desmame depende muito da rotina estabelecida da família e da disponibilidade da mãe.

 

Para alcançar o sucesso é preciso reduzir a frequência e substituir o leite materno aos poucos, por mamadas e em horários e locais estipulados. O importante é que seja feito de maneira gentil.

 

Em momentos de estresse, caso a criança solicite o peito, lembre-se de tentar distraí-la com outras coisas com um brinquedo por exemplo. Também é recomendado explicar de maneira lúdica para a criança com livros, bonecos e desenhos, para ela conseguir entender que agora só vai mamar em determinados momentos como de manhã ou de noite e assim por diante.

 

O desmame pode levar alguns meses e a mamada da noite costuma ser a última a ser interrompida, então, é preciso ser paciente.

 

 

Fonte: Revista Crescer

14/11/2019