Quais são os chás proibidos na gravidez e os riscos

É fato que a gravidez é um período que gera muitas dúvidas na mulher, principalmente nas mães de primeira viagem, que normalmente estão mais assustadas e tudo o que ocorre em seu corpo é uma surpresa. O que é permitido comer, o que é permitido tomar, qual é a melhor forma para dormir, que medicamentos são proibidos, em que lugares é permitido ir são apenas algumas das perguntas que muitas mães fazem no período de gestação.

Elas não estão erradas em terem tantas dúvidas, pois realmente há restrições de diversos tipos, recomendados por especialistas para que não haja nenhum efeito negativo nesse período. É muito comum, por exemplo, que exista algum tipo de chá proibido na gravidez mesmo se tratando de algo natural. Mas por quê? É sobre isso que vamos discutir nesse artigo.

Todos Chás São Proibidos?

Primeiramente é necessário entender que nem todos os tipos de chás são proibidos de serem tomados durante a gravidez. Na verdade, existem muitos tipos que são permitidos e que fazem até bem para as mulheres grávidas. O grande perigo disso é não saber quais são os chás permitidos e qual é o tipo de chá proibido na gravidez.

Quais São os Chás Proibidos na Gravidez?

A lista de chás que podem causar algum tipo de problema em grávidas é grande. Muitos deles podem trazer consequências sérias como malformações no bebê e até mesmo o aborto, dependendo da quantidade que é ingerida. Os principais chás proibidos na gravidez são:

  • Chá de Arruda
  • Chá de Buchinha do Norte
  • Chá de Canela
  • Chá de Hortelã
  • Chá de Boldo
  • Chá de Zimbro
  • Chá de Raiz de Angélica
  • Chá de Alecrim
  • Chá de Sene
  • Chá de Vidreira

Esses são apenas alguns dos principais tipos de chás que podem trazer consequências para as grávidas. É claro que nem todo mundo tem o costume de tomar tantas diversidades de chás, mas é sempre importante estar atenta e saber o que deve e o que não deve ser ingerido durante a gravidez.

Por Que Alguns Chás Fazem Mal Para as Grávidas?

Apesar da crença de que as ervas sempre ajudam o seu corpo, muitas delas podem prejudicalo no momento da gravidez. Isso porque, como já citamos aqui, o seu corpo está em constante mudança e gerando outra vida.

O que significa, então, que essa outra vida ainda está muito frágil e não está preparada para receber certos tipos de substâncias que para o seu corpo podem não parecer nada, mas que são um verdadeiro veneno para os fetos.

Alguns chás como o de canela, por exemplo, trazem consequências aos músculos do útero, podendo prejudicar duramente o feto. Outros como o de hortelã não trazem consequências tão graves, mas interferem diretamente na produção de leite, o que pode vir a ser uma grande dor de cabeça futuramente.

Já chás como o de boldo ou de arruda podem causar aborto por conta da presença do ascaridol, substância tóxica que combate parasitas no intestino, mas que também afeta duramente o bebê.

Há também o fato de que não existem estudos científicos suficientes para todo tipo de erva que citamos aqui, por isso recomenda-se que você não se arrisque a tomar chás a partir delas, já que não se sabe exatamente quais são as consequências que elas podem gerar para você ou para o bebê.

Chás Que Podem Sem Tomados Durante a Gravidez

Apesar das diversas restrições, existem alguns tipos de chás que são permitidos durante a gravidez. Geralmente os mais claros e que possuem efeitos calmantes ou digestivos são os mais indicados nesses casos como:

Mesmo com a permissão, o mais recomendável é que a mulher não tome esses chás constantemente e procure uma nutricionista pra se informar melhor como deve ser sua alimentação durante esse período.

Importante: O Chá de Camomila Romana é um chá proibido na gravidez e pode causar aborto, tome apenas o chá de camomila convencional.

Alternativas Para Chás

Grávidas devem evitar ingerir bebidas com muita cafeína, mas isso não significa que o café é uma bebida proibida durante a gravidez. Ela pode ser, inclusive, uma alternativa para o chá para muitas mulheres.

O segredo é não exagerar e saber dosar até mesmo as bebidas achocolatadas, pois o seu corpo está mais sensível que o normal e qualquer tipo de excesso pode afetar o bebê ou até mesmo a mulher.

Como você pôde perceber, existem alguns chás proibidos na gravidez, mas também existem aqueles que você pode tomar sem nenhum problema. E como existem alternativas, não há motivos para ir contra a indicação de especialistas e arriscar ter algum tipo de problema na gestação.

Lembre-se: Muitas vezes um chá que faz bem para as pessoas em diversos casos, pode não ser adequado para a gravidez, seja por afetar o bebê ou o corpo da mãe que está em constante transformação. Procure alternativas e nunca deixe de pesquisar o que pode te afetar. Dessa forma, você com certeza terá uma gestação saudável e sem nenhum problema sério.

11/01/2018