Falta de vitamina D na gravidez: o que causa, sintomas

Entre os cuidados que as futuras mães devem estar atentas é em relação à falta de vitamina D na gravidez. Entenda porque essa vitamina é essencial para a saúde da mãe e do bebê e como fazer para evitar uma carência no organismo.

O que é Vitamina D

A vitamina D é um grupo de compostos lipossolúveis essencial para manter o equilíbrio mineral no organismo, o que contribui para a saúde óssea e prevenção de diversas doenças, como a diabetes e obesidade.

A falta de vitamina D na gravidez pode trazer prejuízos à saúde da mãe e o bebê, aumentando os riscos de aborto no primeiro trimestre e favorecendo a pré-eclâmpsia (aumento da pressão arterial) no final da gestação.

Falta de vitamina D na gravidez:

Entre as possíveis causas de falta de vitamina D são:

  • Exposição insuficiente ao sol: Pessoas que não saem muito ao sol podem ter falta de vitamina D. Usar roupas cobrindo grande parte do corpo também não permite adquirir uma taxa razoável da vitamina através da pele.
  • Baixo consumo de alimentos ricos na vitamina D: Não consumir alimentos ricos nessa vitamina (como salmão, bacalhau, leite e derivados), pode resultar em carência de vitamina D.
  • Pele escura: Outro fator que pode resultar na falta de vitamina D na gravidez é a pele escura. Isso porque a concentração de melanina na pele diminui a produção da vitamina.
  • Obesidade: É comum encontrar baixo nível de vitamina D em pessoas obesas. O motivo é porque essa vitamina é lipofílica (ou seja, se dissolve na gordura) e pode acabar se armazenando nas células de gordura. Além disso, é importante ressaltar que mulheres obesas transmitem uma quantidade menor de vitamina D ao feto, trazendo riscos para o bebê.
  • Problemas de absorção: Há algumas doenças que dificultam que a vitamina D seja absorvida através do consumo de alimentos. Entre elas estão a fibrose cística, doença celíaca e doença de Crohn.

 Sintomas

Para descobrir se há deficiência de vitamina D no organismo, a melhor maneira é por meio de um exame de sangue. Porém, também é possível verificar alguns sintomas que denunciam a falta de vitamina D na gravidez:

  • Fraqueza muscular
  • Doenças cardiovasculares
  • Doença renal crônica
  • Diabetes
  • Doença periodontal
  • Depressão

Em caso de apresentar algum desses sintomas, é preciso consultar um médico para avaliar se há ou não carência da vitamina.

Queda de Cabelo

Muitas vezes a queda de cabelo é associada ao estresse. Porém, a falta de nutrientes também pode ser a causa. A queda de cabelo em mulheres muitas vezes tem como motivo a falta de vitamina D.

Unhas descamando

A vitamina D é responsável pela absorção de cálcio pelo organismo. Por isso, quando está em falta, o corpo busca esse mineral em outros tecidos, como no caso das unhas. Isso acaba deixando as unhas com aspecto enfraquecido, quebradiças e descamando.

Falta de vitamina D engorda?

O aumento de peso é uma das consequências da falta de vitamina D, já que a sua escassez causa uma alteração na produção da insulina. A insulina, por sua vez, reduz a taxa de glicose no sangue, causando uma queda na glicemia, o que estimula o apetite.

Tratamento: como repor a vitamina D

Exposição ao sol

Consiste na melhor forma de absorção da vitamina. O recomendado é tomar sol ao menos por 60 minutos na semana, sem usar bloqueador ou filtro solar.

Suplementação

Outra maneira para eliminar a falta de vitamina D na gravidez é através da suplementação por cápsulas ou gotas. O consumo deve ser feito apenas sob orientação médica.

Alimentos ricos em vitamina D

 Os alimentos que são ótimas fontes de vitamina D são:

  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Salmão
  • Ovos cozidos
  • Sardinha
  • Mariscos
  • Leite e derivados
25/01/2018