Dicas para fazer seu bebê dormir e ter um sono de qualidade

Algumas mamães e papais têm dificuldade de criar uma rotina do sono e precisam lidar com choros durante a noite, já que colocar o bebê para dormir nem sempre é uma tarefa fácil. Para acostumar seu bebê com a hora de dormir, é importante criar alguns hábitos que indiquem a ele que está na hora de relaxar. Alguns recursos podem se tornar grandes aliados, como os banhos, massagens e músicas de ninar. Repetindo essa rotina do sono todos os dias, o bebê entenderá o que vai acontecer e, quanto mais relaxado estiver, mais provável será que ele vá para a cama sem problemas e durma rápido.

A rotina do sono fica a seu critério, ela pode incluir um banho relaxante, seguido pela troca da roupinha pelo pijama, uma historinha, conversa, uma brincadeira mais tranquila. A única regra é que as atividades tenham efeito calmante. Esse ritual pode ter início em qualquer lugar, mas é preciso que termine no quartinho do bebê, assim ele vai entender que o quarto é sinônimo de descanso. É por isso que é importante que o cômodo seja um lugar gostoso e agradável para o bebê, isso ajuda a criar a ideia de que lá é um lugar de segurança para dormir mesmo que sem a mãe.

O banho pode ser a melhor alternativa a favor do sono. Antes de dormir, dê um banho com água morna no seu filho. Na banheira, ele pode ficar com o corpo imerso por algum tempo até a água quentinha deixá-lo relaxado. Antes ou depois desse ritual, uma outra dica para relaxar é fazer uma massagem usando um óleo ou creme específico para bebês. Se o bebê costuma ficar agitado na banheira, evite fazer isso antes do sono e tente apenas a massagem.

Se pensar em dar de mamar para o bebê logo antes de dormir, esqueça! Associar o sono à alimentação pode trazer muitos problemas para seu filho no futuro. Ao invés disso, deixe a mamada para antes do banho, ou antes da primeira etapa da rotina do sono.

Contar histórias usando livros é uma ótima solução para fazê-lo cair no sono. Não se preocupe se precisar ler mais de um livro, mas estabeleça um limite de histórias para que ele entenda que existe um momento em que deve ceder. A leitura para as crianças tem um efeito muito positivo a longo prazo, pois estimula o vocabulário e a inteligência dos pequenos, que podem aprender mais cedo a falar e a ler. Caso seu filho seja muito pequeno, você pode pegá-lo no colo e contar sobre o que vocês fizeram durante o dia. A voz dos pais acalma e traz segurança.

Fonte: Grávidas e Antenadas

23/02/2017