Últimas Notícias

The latest news from the Joomla! Team

Os problemas bucais mais comuns das crianças

5/07/2018

As cáries podem ser o problema bucal mais conhecido entre as crianças, mas está longe de ser o único. Veja quais outros males podem afetar a boca do seu filho nos primeiros anos de vida: Periodontite Inflamação na gengiva que pode provocar o enfraquecimento ou a perda dos dentes. Gengivoestomatite Inflamação da mucosa oral causada pelo vírus da herpes, com o aparecimento de aftas e inchaço das gengivas. Surge principalmente quando a criança está com o sistema imunológico debilitado. Monilíase Infecção da orofaringe causada por fungos, também conhecida como sapinho. Halitose O popular mau hálito acomete os pequenos sim. A maioria dos casos (90%) são provocados por outrosLeia mais …

Cuidados com umbigo do recém-nascido: não precisa ter medo!

21/06/2018

Na barriga da mãe, é pelo cordão umbilical que o bebê se alimenta e “respira”. O cordão é cheio de veias, artérias e terminações nervosas responsáveis pela troca de nutrientes e oxigênio com a mãe. No parto, ele fica sendo uma última ligação entre o bebê e a mãe, superimportante: dá estabilidade ao organismo enquanto a criança está começando a respirar pelo pulmão, se adaptando às diferenças de pressão entre o interior do útero e o ar. A recomendação é que se espere o cordão parar de pulsar para só então cortá-lo. Nossa atenção vai se fixar nesse coto umbilical:Leia mais …

6 direitos de grávidas que você tem que conhecer

12/06/2018

1 CHORAR E RIR AO MESMO TEMPO SEM SER CONSIDERADA LOUCA A culpa é dos hormônios. “A progesterona alta da gravidez deixa a mulher em um estado de tensão pré-menstrual constante”, explica a obstetra Daniela Gouveia, do Hospital São Luiz (SP). A analista de sistemas Fabiana Loturco, 36 anos, experimentou essa montanha-russa emocional logo no começo da gravidez de Danilo, hoje com 5meses: assistindo a um telejornal, chorou copiosamente quando viu que o marco civil da internet havia sido aprovado, no ano passado. “Chorei de soluçar. Eu falava para o meu marido que nosso filho ia nascer em um paísLeia mais …

E quando seu filho morde tudo, inclusive o amigo?!

24/05/2018

Você abre a agenda da escola e o recado está lá: seu filho mordeu outro amigo novamente. A sensação de impotência invade e, quase sempre, uma pergunta surge na cabeça dos pais: “será que estou fazendo algo errado?”. Calma! Se você se reconheceu nesta situação, saiba que não está sozinho. Segundo a neuropsicóloga Deborah Moss, mestre em psicologia do desenvolvimento humano, mãe de Ariel, Patrick e Alícia, a mordida é uma das formas que a criança tem para demonstrar insatisfação e frustração, e é comum entre 1 e 2 anos de idade. “Nesta fase, a criança ainda não sabe se comunicar, nãoLeia mais …

Gestantes, o seu calendário de vacinação é tão importante quanto o do seu bebê!

10/05/2018

Toda mãe se preocupa com as vacinas de seus filhos. Nós temos todo o cuidado do mundo com os prazos e doses porque não queremos vê-los doentes, principalmente quando são bebês e ainda não têm seu sistema imunológico forte e preparado para se defender de doenças. Mas o que você precisa saber é que o cuidado com a imunização deve começar ainda durante a gestação. Isso mesmo: grávidas podem e devem se vacinar, acompanhando o calendário de vacinação adequado.  “Infelizmente muitas pessoas imaginam que gestantes não podem se vacinar. Não é verdade, algumas vacinas são especialmente recomendadas para elas”, afirma Isabella Ballalai, mãe de Nicolle, Gabriel,Leia mais …

Gravidez: como e por que estimular o bebê dentro da barriga

19/04/2018

Você descobre que está grávida e, quase no mesmo instante, vem aquela vontade de conversar com seu o filho. Embora no começo ainda tudo pareça muito abstrato, logo a barriga começa a crescer e pouco a pouco vocês vão criando uma relação de carinho, mesmo com o pequeno ainda dentro do útero. Mas se por algum momento você achar estranho estar falando “com sua barriga”, saiba que os estímulos durante a gestação são muito bem-vindos e que fazem toda a diferença na chegada da criança ao mundo. “Por volta da 25ª semana, o bebê já é capaz de ouvir. Então é importanteLeia mais …

Enjoos na gravidez: estudo identifica alterações em genes associados à hiperêmese gravídica

5/04/2018

As famosas náuseas durante o início da gravidez são perfeitamente normais. No entanto, existe uma forma muito mais grave do desconforto, com sintomas severos e debilitantes, como perda rápida de peso, desnutrição e desidratação. É a hiperêmese gravídica (HG), complicação que ficou conhecida por afetar a duquesa de Cambridge Kate Middleton, e que atinge cerca de 2% das gestantes. Recentemente, um estudo feito pela Escola de Medicina David Geffen da Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA) comparou a variação do DNA de gestantes sem náuseas e vômitos, e as que sofrem com HG. Observou-se uma alteração em torno dos genes GDF15 e IGFBP7,Leia mais …

Tomar mamadeira deitado é fator de risco de otites em crianças

23/03/2018

Crianças pequenas que tomam mamadeira deitadas correm maior risco de ter infecção no ouvido. O E+ falou com um especialista para entender porque uma atividade tão corriqueira como dar a mamadeira para um filho pode aumentar a incidência das otites – e porque mamar no peito não apresenta o mesmo risco. Primeiramente, é preciso entender a função da trompa auditiva. Ela é um canal que conecta as narinas ao ouvido médio (parte do ouvido que é limitado pela membrana timpânica) e que tem como função levar ar ao aparelho auditivo. Esse ar serve tanto para propagar o som no ouvido (fazendo, assim,Leia mais …

Mito ou verdade: Usar pílula por muito tempo prejudica a fertilidade?

8/03/2018

Muita gente acredita que sim, mas, na verdade, as pílulas anticoncepcionais não têm efeitos negativos – ou mesmo positivos – na fertilidade da mulher. Karla Zacharias, especialista em reprodução assistida do Grupo Huntington, mãe de Ana Giulia e Giovana, explica que os medicamentos contraceptivos atuam bloqueando o ciclo menstrual e não têm nenhum efeito na quantidade e qualidade da reserva ovariana, que é a responsável pela gravidez. Segundo a médica, as mulheres que usaram pílulas anticoncepcionais de forma prolongada e sem interromper por alguns anos podem levar de três a seis meses para regularizar o ciclo menstrual. Quando o usoLeia mais …

Benefícios do aleitamento materno e desvantagens da chupeta relacionados à prática das mães ao lidar com prematuros

22/02/2018

Pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em Maruípe (ES), publicaram estudo na Revista Paulista de Pediatria de dezembro de 2017, que avaliou a percepção de mães de recém nascidos prematuros em relação aos primeiros seis meses de vida dos bebês, analisando temas como aleitamento materno e introdução de chupeta e mamadeira.Pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em Maruípe (ES), publicaram estudo na Revista Paulista de Pediatria de dezembro de 2017, que avaliou a percepção de mães de recém nascidos prematuros em relação aos primeiros seis meses de vida dos bebês, analisando temas como aleitamento materno eLeia mais …